Mais do que moda!

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Por Thay Sanqueta

Como já se era de esperar de Victor Dzenk, estampas e mais estampas fizeram parte da passarela do último desfile dessa edição do Minas Trend. As pinturas do artista plástico Luiz Zerbini foram o ponto de partida para o verão 2018. Um safari tropical materializado em estampas exclusivas, definidas como “Floresta Tropical”, com muita fauna e flora brasileira se misturando a elementos geométricos, por vezes bordados de cristais simultâneos às estampas.

Victor apostou em vários tecidos que prometem garantir o frescor e fluidez para o próximo verão, em cores que foram do preto ao pistache. Cortes versáteis e inusitados, transformando alfaiataria em vestidos. Ao final, Victor homenageou as mulheres de sua família e suas costureiras, junto à surpresa de Preta Gil na passarela, que além de cantar e nos encantar com sua alegria, em ato de protesto gritou “Vai Ter gorda na passarela, SIM!. Afinal, o estilista tem como suas maiores fontes de inspiração a mulher brasileira com suas diversidades de curvas.

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Minas Trend Verão 2018 :: Tropicalismo brasileiro e protesto na passarela de Victor Dzenk

Fotos: Ze Takahashi/ Agência Fotosite.

Leia MAIS:

Deixe uma resposta